O que é o Apostolado Educacional Católico?

O Apostolado Educacional Católico é um projeto da Associação Bento XVI que tem como objetivo fundar e construir uma escola católica na cidade de Franco da Rocha/SP. Uma escola onde sejam ensinados os valores cristãos em complemento de uma educação regular de verdadeira qualidade.

Essa obra de Deus vem crescendo a cada dia, com a graça de Deus e a intercessão de Nossa Senhora, já se pode ver essa obra se levantando como a esperança de um futuro melhor para cada criança.

A Necessidade

Considerando as atuais condições da cidade de Franco da Rocha, tanto no âmbito moral, financeiro e cultural, as escolas da região ainda refletem a dura crise vivida pela instituição familiar e pela educação. A partir disso, pode-se entender que desafios se tornam oportunidades para pôr em prática o carisma deixado pelo fundador da Congregação da Ressurreição, ou, nas palavras da Igreja hoje, empreender a Nova Evangelização...

Saiba mais...

Qual o intuito da nossa iniciativa ?

Não nos resta dúvida que a crise do homem atual seja uma crise de alma. E determinados modelos, ditos pedagógicos, ao banir ou relegar para segundo plano a dimensão religiosa na educação, não só como elemento agregador, mas de síntese, ficam aquém das necessidades e aspirações humanas. Já sinalizava este desastre há quase dois séculos Mons. De Ségur no livro A Escola sem Deus (Paris, 1884). E hoje nós o vemos a olhos nus. E não só em termos de transmissão de valores genuinamente humanos e assim o plasmar de uma verdadeira cultura, mas igualmente no quesito formação intelectual. Poderiam ser elencados inúmeros sintomas (baixíssimo aproveitamento escolar, sistema educacional aparelhado por ideologias, evasão escolar, analfabetismo funcional, escolas sucateadas, etc) e uma cadeia de possíveis responsáveis ou agentes (a família, a escola, o Estado, os meios de comunicação, os professores, os próprios alunos, etc).

A educação católica sempre deu resposta no decorrer dos séculos às diversas crises e convulsões da humanidade. E mesmo perseguida e duramente atacada, tanto pela história afora quanto nos dias atuais, permanece sempre robusta, e ainda mais enriquecida pelo tempo, pelos ataques, pelos progressos e continua sendo aquela a dizer para todos que possui – e, de fato, possui – a resposta que o homem procura desde sempre. Inúmeros homens, no decorrer dos séculos, concordam com essa afirmação e a corroboram pela própria vida, desde São Paulo Apóstolo, passando por Santo Agostinho e o jovem Deodato Janski do qual falávamos a pouco. E podemos citar inclusive alguns filósofos, escritores, cineastas, convertidos a fé cristã mais recentemente como F. Collins, F. Dostoiévski, T. Goritcheva, C. S. Lewis, A, Frossard, V. Messori, E. Stein – esta última será elevada aos altares.